TPM: entenda melhor sobre essa condição e saiba como lidar com ela



Todos os meses, antes de menstruar, você se sente estranha, seja em relação ao humor ou mudanças físicas? Isso é a famosa Tensão Pré-Menstrual. A tão temida TPM é resultado de alterações hormonais que afetam o sistema nervoso central.

Por esse motivo, as mulheres suportam, mensalmente, alguns sintomas físicos e psicológicos. Desde dores e espinhas, que afetam a autoestima, até ansiedade e irritabilidade, são sinais que fazem da TPM o pesadelo de muita gente.

Assim, é importante conhecer os sintomas desse problema, bem como saber identificar irregularidades, além de como tratar para amenizar os sinais. Acompanhe este artigo e saiba mais sobre essa condição.

Conheça os sintomas

Cada mulher reage de uma maneira aos sintomas da TPM, afinal várias circunstâncias podem estar relacionadas ao problema. Desse modo, enquanto algumas sofrem com sinais físicos, outras sofrem com os emocionais e há, ainda, aquelas que experimentam os dois lados do distúrbio.

Nesse sentido, é interessante conhecer os sintomas, a fim de conseguir identificá-los quando chegar aquela época do mês, que precede a sua menstruação. Entre os físicos estão:

  • dores de cabeça;
  • sensibilidade e dor nas mamas;
  • retenção de líquido e inchaço;
  • acne.

Enquanto isso, os sinais psicológicos são:

  • irritabilidade;
  • falta de apetite ou fome em excesso;
  • sonolência ou insônia;
  • angústia;
  • vontade de chorar;
  • cansaço;
  • ansiedade.

Vale ressaltar que não é necessário perceber todos esses sintomas para que o distúrbio seja caracterizado como Tensão Pré-Menstrual. Basta que um deles se manifeste, você esteja perto de menstruar e que eles sumam após esse período para ser configurado como TPM.

Identifique problemas

Ao passo que a TPM é completamente normal e atinge, em média, 75% da população feminina, há um tipo muito mais grave do problema, que alcança uma parcela menor de mulheres, até 8% delas.

Essa condição é conhecida como Transtorno Disfórico Pré-Menstrual (TDPM) e é preocupante uma vez que, enquanto na TPM comum os sintomas emocionais são mais leves, na TDPM as alterações de humor, bem como os outros sinais psicológicos, são mais intensos.

A tristeza, desânimo e irritação, por exemplo, são tão excessivos de uma forma que atrapalha os relacionamentos da mulher e ainda prejudica seu rendimento no trabalho. Além de tudo isso, alguns sintomas físicos da TPM também se fazem presentes: inchaço, dores nas mamas e retenção de líquido.

Saiba como tratar

Diante desse cenário, quando você perceber que a sua tensão virou um transtorno, deve procurar um ginecologista para que ele diagnostique, de fato, essa irregularidade e disponibilize o tratamento adequado, que normalmente envolve antidepressivos.

Enquanto isso, se você tem a TPM comum e quer amenizar os sintomas, pode realizar algumas atividades simples. Confira:

  • Praticar exercícios físicos: eles são responsáveis por liberar endorfina, reduzindo a tensão e aumentando a sua autoestima;
  • Se alimentar bem: nesse período, coma fruta, legumes, verduras, peixes e carnes, enfim, alimentos que ajudam no bom funcionamento do organismo. Em contrapartida, evite comidas gordurosas;
  • Ter um hobby: fazer uma atividade que gosta e sente prazer é muito importante para o seu bem-estar, uma vez que mantém o otimismo — e isso é tudo o que você precisa no momento;
  • Fazer skincare: os cuidados com a pele são sempre importantes, mas nesse período se tornam ainda mais, já que a oleosidade e espinhas tendem a piorar na TPM.

Enfim, a Tensão Pré-Menstrual é chata, incomoda e assusta, o verdadeiro caos na vida de muita gente. No entanto, enquanto não for um transtorno, é absolutamente possível lidar com ela. Seguindo essas dicas de tratamento, você consegue diminuir os sintomas do problema e ter um período que precede a menstruação muito mais tranquilo.

E aí, gostou deste conteúdo? Que tal compartilhar nas redes sociais? Assim, você colabora para que outras mulheres consigam lidar melhor com os sintomas da TPM!

TagsDicas

Deixe um Comentário

5 × 1 =