Estresse e qualidade de vida no trabalho: como melhorar



Confira as melhores formas de controlar o estresse no trabalho.

Quando se trata das obrigações do cotidiano e a dedicação na vida profissional, a saúde acaba deixando de ser uma prioridade para ser subjugada pelas responsabilidades. O ambiente de trabalho nem sempre será ausente de conflitos, mas o estresse causado pela rotina é um forte determinante na baixa qualidade de vida.

Embora a saúde também dependa das condições oferecidas no âmbito profissional, alguns aspectos pessoais no trabalho devem ser levados em conta ao compreender as causas do próprio estresse e na busca para combatê-lo.

Trabalhar bem e com a saúde mental preservada, influencia fortemente no desempenho profissional. Pensando nisso, separamos algumas orientações sobre o assunto que te ajudarão a melhorar o estresse e a qualidade de vida no seu trabalho. Confira:

Identifique as fontes do estresse

Quais são os motivos que elevam o nível da sua tensão emocional? Identificar esses problemas é parte fundamental na resolução da maioria deles. Faça uma autoavaliação, examinando os seus hábitos e atitudes.

Às vezes o estresse pode ser o resultado do seu próprio comportamento, quando discute por motivos pequenos ou procrastina com muita frequência. Às vezes apenas uma percepção diferente sobre aquilo que o cerca é capaz de interferir positivamente na sua carga emocional.

Veja quais são as suas prioridades

Às vezes você tem a sensação de que há muito trabalho para pouco tempo. Mas talvez a fonte desse problema não seja a falta de horas no dia, mas a má distribuição delas. Acumular tarefas aumenta o nível de estresse, principalmente quando não consegue cumprir devidamente os prazos.

No entanto, estabelecer um cronograma de afazeres, determinando as suas prioridades, pode ajudar bastante a repartir melhor o seu tempo e utilizá-lo da maneira certa.

Não carregue o peso de tudo nas costas

É preciso reconhecer que nem tudo está ao seu alcance e que imprevistos acontecem constantemente. Sustentar responsabilidades que não são suas e ainda sofrer com as consequências delas é algo que poderia ser facilmente evitado.

Você possui limitações e reconhece-las é a chave para se manter relaxado. Nem todos os problemas que acontecem ao seu redor precisam ter a sua interferência ou resolução.

Ter boas relações

As relações profissionais podem não ser as melhores o tempo inteiro, é natural que existam conflitos e divergência de opiniões. Contudo, ter uma boa relação com seus colegas de trabalho pode melhorar potencialmente a sua saúde mental.

Ter um relacionamento agradável com outra pessoa não precisa exatamente da existência de afeto, mas é uma dinâmica da boa convivência, essencial para o convívio diário. Evite embates agravantes, principalmente quando as questões são resolvidas simplesmente com o diálogo.

Não descontar nos outros

Após compreender a melhor maneira de lidar com as relações interpessoais no trabalho, entender que os seus problemas são devem ser descarregados em outras pessoas é o básico para preservar os bons vínculos; sobretudo para quem possui alguma posição de autoridade na empresa, onde gerenciar uma equipe é algo bastante desafiador.

Mas tratar mal os funcionários, além comprometer fortemente a sua ética profissional, é capaz de desmotiva-los e promover um ambiente nocivo. Quando estiver tenso e impaciente, se isole por alguns minutos até finalmente se acalmar.

Cuidar de si mesmo

Não há mal em priorizar o próprio bem-estar. Oferecer os cuidados devidos à saúde do corpo e da mente deveria ser uma atividade recorrente e não algo feito somente em casos extremos.

Tenha momentos de lazer, divirta-se com seus amigos, passe um tempo com a sua família e até cuidar da sua aparência pode se rum diferencial. Saiba o momento oportuno para deixar o trabalho em segundo plano quando necessário.

É natural se ver em situações estressantes, principalmente envolvendo a vida profissional, mas o importante é não deixar que elas determinem sua rotina e quem você é.

Deixe um Comentário

17 + onze =