Emagrecimento: confira 5 erros que você deve evitar cometer!



Em busca de um emagrecimento acelerado, muitas pessoas costumam optar por caminhos perigosos para a saúde e que acabam atrapalhando esse processo. Na tentativa de perder peso rapidamente, elas tomam atitudes radicais, mas que no fim das contas se torna ineficaz.

Embora inicialmente possam apresentar algum resultado, a longo prazo não é o que acontece. Afinal, são ações que passam longe de um emagrecimento sadio, portanto, em determinado momento, a sua saúde será comprometida e você vai recuperar os quilos perdidos bem depressa.

Pensando nisso, neste artigo mostramos uma lista com os principais erros de quem quer emagrecer com urgência, sem refletir sobre as consequências disso no futuro, para que você não tenha o mesmo descuido. Confira a seguir!

1. Passar fome

Existe um pensamento extremamente equivocado sobre a perda de peso: ele afirma que a melhor forma de emagrecer, é “fechando a boca”, o que leva muitas pessoas a acreditarem que passar fome é a solução.

Ficar sem comer não emagrece e ainda é arriscado para a saúde. Isso porque é preciso se alimentar para que o metabolismo funcione corretamente. Do contrário, esse jejum deixa a pessoa sem energia e fraca.

Além disso, ficar um longo período de tempo sem se alimentar pode trazer consequências como mau hálito, dores de cabeça, náuseas e tonturas. Portanto, jamais passe fome na tentativa de emagrecer! É cilada!

2. Adotar uma dieta líquida

Os famosos sucos detox e chás para desinchar e emagrecer não estão com nada! O organismo precisa de vários nutrientes e uma dieta líquida pode impedir que o seu corpo receba tudo o que precisa para um bom funcionamento.

Dessa maneira, a sua dieta fica desequilibrada e ainda oferece riscos para a saúde, desde fraqueza, náuseas e dores de cabeça, até problemas estomacais e irritabilidade.

Isso porque, devido à baixa oferta de energia, o seu metabolismo desacelera e você começa a se sentir mais lânguido. E não para por aí: a dieta líquida pode apresentar um efeito rebote, ou seja, em vez de perder, você ganha peso.

Vejamos, uma vez que essa dieta não fornece todos os nutrientes e vitaminas necessários, o organismo conserva calorias para que o corpo continue em pleno funcionamento. Nesse sentido, em vez de eliminar os quilinhos, você recebe mais deles.

3. Cortar os carboidratos definitivamente

Os carboidratos são responsáveis por fornecer energia para o nosso corpo. No entanto, quando eles são cortados da dieta, a principal consequência é a perda de massa, porque sem esses nutrientes, o organismo usa a gordura como uma maneira de repor a carga energética.

Entretanto, apesar de parecer a dieta perfeita, eliminar os carboidratos definitivamente da sua vida é bastante perigoso. A falta desses nutrientes pode provocar problemas renais, de fígado e colesterol.

Por isso, o ideal é buscar um equilíbrio. O carboidrato não engorda, mas o excesso dele. Todavia, tudo o que é consumido de maneira exagerada faz mal. Assim, qualquer alimento, se ingerido de forma indiscriminada, vai colaborar para o seu ganho de peso.

4. Acreditar em dietas da moda

Você segue uma pessoa nas redes sociais, que afirma ter emagrecido com uma dieta específica e mirabolante, e decide prosseguir pelo mesmo caminho? Pare imediatamente! Esse é, de longe, um dos maiores erros de quem quer emagrecer.

Primeiro, a maioria dessas pessoas não são profissionais e não têm autoridade para dar dicas sobre esse assunto. Segundo, é quase impossível que elas tenham seguido, de fato, as próprias indicações.

Então, se alguém sugerir que você coloque em prática esses regimes exóticos, que recomendam dietas restritivas como beber apenas chás, comer somente frutas, parar totalmente com os carboidratos ou, até mesmo, ficar longas horas de jejum: não faça!

5. Fazer exercícios em jejum

Quando você está sem se alimentar, o metabolismo fica lento e a oferta de energia abaixa. Em vista disso, fazer exercícios físicos de barriga vazia não é uma ideia muito interessante.

Veja bem: quando você está com fome, fica enfraquecido e desmotivado, certo? Desse modo, como terá energias para fazer esforços físicos? Além disso, queda de pressão e glicose, tonturas e fraquezas são sintomas muito comuns em quem tenta se exercitar de barriga vazia.

Ainda, quem já apresenta problemas de saúde, como os cardíacos, por exemplo, podem acabar tendo um resultado realmente sério. Por esse motivo, o ideal é se alimentar direitinho, pelo menos, uma hora antes da prática de atividades.

Enfim, agora que você conhece os erros de quem quer emagrecer, não vai seguir pelo mesmo caminho, não é mesmo? Sendo assim, além de evitar repetir essas falhas, entenda a importância de um acompanhamento profissional.

O nutricionista vai avaliar a sua rotina e estilo de vida, bem como os nutrientes que o seu corpo mais necessita, para oferecer uma dieta equilibrada e específica para você, sem que precise se privar dos alimentos.

Gostou deste post? Quais desses erros você já acreditou que fossem verdade? Comente aqui embaixo!

Deixe um Comentário

um × 4 =