Calvície: possíveis causas e tratamentos



Condição que afeta boa parte dos homens e pode possuir várias causas

O cabelo exerce um forte impacto na autoestima e personalidade de qualquer pessoa, por isso para muitos é sempre importante mantê-los bonitos e bem cuidados. Contudo, dentre os problemas que mais afetam a estética dos cabelos, principalmente para os homens, a calvície está no topo da lista.

As entradinhas acima da testa além do natural já anunciam uma preocupação futura relacionada a perda dos fios e, devido a isso, o medo da calvície aumenta. Mas para quem se mantém em alerta ou até mesmo aos que já sofrem com o problema, entenda quais são as causas da calvície e conheça os tratamentos.

O que é calvície?

A alopecia, mais conhecida como calvície, é um distúrbio de crescimento do cabelo que provoca a perda total ou parcial dos fios. Acontece quando eles caem e nascem cada vez mais finos até sumirem.

Ela pode afetar não apenas a quantidade de fios em determinadas áreas da pele, mas também o tempo de crescimento dos cabelos. A perda pode surgir tanto acima da testa quanto em outras regiões da cabeça, como no topo ou na zona parietal.

Quais são as causas?

Os motivos que resultam no surgimento da calvície podem ser variados. Veja abaixo:

  • Predisposição genética

Carregar certos genes familiares pode ser um tanto desagradável como é o caso da alopecia androgenética. A perda dos fios ocorre devido a uma herança genética, que se inicia ainda na juventude e aparece geralmente na meia idade.

Fazer uma avaliação prévia desses casos é mais difícil, pois um jovem que não apresentar qualquer evidência de calvície, mas possuir predisposição genética, também pode desenvolvê-la tardiamente. O caso é mais frequente entre os homens devido à testosterona (hormônio masculino) que é uma das responsáveis pela queda de cabelo.

  • Estresse severo

Questões emocionais também podem desencadear a calvície, com eventos fortes de estresse físico ou psicológico. Acontece de forma mais comum na alopecia areata, falhas circulares sem pelos ou cabelos. Embora também possa surgir por razões genéticas, possui participação autoimune. Isso acontece porque as células de defesa criam anticorpos contra os fios do cabelo, causando a inflamação e fazendo com que eles caiam.

  • Deficiência de vitaminas e proteínas

A ausência de uma alimentação saudável afeta a região capilar, pois as proteínas são essenciais para o crescimento e renovação não somente dos cabelos, mas também das unhas, ossos, músculos e pele. Nosso cabelo é formado por 88% de proteína, por isso dietas com baixa quantidade de nutriente prejudica o desenvolvimento dos fios.

Identificando o motivo do problema será muito mais fácil em escolher o melhor tratamento para o seu tipo de calvície e atingir resultados eficazes. Procure um profissional de dermatologia capaz de auxiliar nesse processo.

Gostou do nosso conteúdo? Deixe um comentário!

Deixe um Comentário

dezenove − 9 =