A imunidade das crianças está baixa? Saiba quais fatores podem estar causando o problema



O sistema imunológico é responsável por proteger o nosso organismo contra diversas doenças. Nesse sentido, é fundamental que ele esteja fortalecido, a fim de garantir a saúde. E, quando falamos da imunidade das crianças, essa necessidade é ainda maior, principalmente, nesse período de pandemia da COVID-19.

Embora elas não façam parte do grupo de risco, é muito importante evitar que a imunidade caia, afinal, ninguém gosta de ver os pequenos doentes, não é mesmo? Além disso, apesar da reação desse vírus, geralmente, ser menos agressiva nas crianças, elas ainda adoecem.

Por esse motivo, neste artigo trouxemos os principais fatores que podem estar enfraquecendo o sistema imunológico das crianças. Acompanhe e descubra!

Noites mal dormidas

Dormir bem é importante para qualquer pessoa, sobretudo para as crianças, pois estão em fase de desenvolvimento. Afinal, quando dormimos, o nosso corpo descansa e trabalha para regular as funções fisiológicas.

Portanto, uma criança que não tem boas noites de sono está mais suscetível às doenças, uma vez que a imunidade fica debilitada. Mas não para por aí! O desenvolvimento dos pequenos também pode ser afetado, trazendo consequências como irritabilidade, déficits de concentração, obesidade e, até mesmo, problemas de crescimento.

Percebeu o quão essencial é uma noite bem dormida para a criança? Por isso, você precisa estabelecer uma rotina de horários. Dessa maneira, os pequenos vão conseguir as 8 horas de sono necessárias para uma boa imunidade e desenvolvimento.

Alimentação ruim

Atualmente, as pessoas têm preferido cada vez mais as comidas industrializadas, devido à praticidade para o preparo, uma vez que estão sempre com pressa. Nesse sentido, muitos pais transferem esse hábito para as crianças, o que é péssimo para a saúde delas.

Isso porque esses alimentos apresentam um teor nutricional quase inexistente, servindo apenas para promover a saciedade, sem colaborar para o bom funcionamento do organismo. São comidas que prejudicam o desenvolvimento da criançada, bem como o sistema imunológico.

Por esse motivo, é muito importante que as crianças tenham uma alimentação adequada, com frutas, legumes e verduras — alimentos que são nutritivos e têm as vitaminas essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Excesso de higiene

Você deve estar se perguntando sobre a veracidade desse tópico, não é? Saiba que é real! Ora, ser higiênico é, de fato, muito importante. No entanto, quando as crianças entram em contato com determinados microrganismos, elas estão estimulando as defesas dos seus sistemas imunológicos.

Vejamos: a criança que brinca ao ar livre está mais exposta aos antígenos — que são substâncias estranhas responsáveis por produzir anticorpos. Em contrapartida, aquela que é limitada aos ambientes esterilizados e limpos em excesso, apesar de toda a higienização, está mais inclinada a desenvolver alergias, pois as defesas do organismo são mais fracas.

Então, moderação é a palavra-chave! Ou seja, você deve ensinar hábitos de higiene para os pequenos, como lavar as mãos antes de comer e não colocar sujeiras na boca, mas também incentivá-los a entrar em contato com a natureza.

Estresse infantil

Vários fatores são responsáveis por causar o estresse infantil. Desde problemas familiares aos escolares, essa situação é capaz de afetar o desenvolvimento e a imunidade da criança.

Além disso, agora que estamos passando por uma pandemia cuja principal indicação é permanecer dentro de casa, esse pode ser mais um motivo para o esgotamento. Afinal, criança gosta de sair para brincar e ficar dentro de casa o tempo inteiro é desanimador.

Por isso, o estresse infantil pode ser um dos agentes que estão contribuindo para a queda da imunidade das crianças nesse período de quarentena. Os sintomas podem ser físicos ou psicológicos, como dores de barriga ou de cabeça, ansiedade, irritabilidade etc.

Caso esse seja o motivo do estresse infantil dos pequenos, é importante buscar formas de mantê-los entretidos, a fim de permitir que eles se divirtam, relaxem e não fiquem com a saúde debilitada.

Falta de atividades físicas

Embora exista a quarentena como obstáculo, é fundamental arrumar maneiras de promover a movimentação da criançada. Afinal de contas, os pequenos estão em fase de desenvolvimento e a prática de atividades físicas colabora com isso, pois ajuda no crescimento, fortalece músculos e, ainda, promove o bem-estar.

Isso porque durante os exercícios, o organismo libera hormônios responsáveis por reduzir o estresse, sendo muito importantes para a saúde das crianças.

Enfim, deu para perceber quantos fatores podem prejudicar a imunidade das crianças né? Mas, agora que você sabe sobre o assunto, vai ficar muito mais fácil evitar que esses erros se repitam!

Vale ressaltar que a falta de vacinação também é um agente que interfere no sistema imunológico da criançada! Cada idade requer vacinas específicas, por isso, não hesite em levar os pequenos para tomá-las e evitar que tenham problemas de saúde.

E aí, gostou deste artigo? Então compartilhe nas redes sociais! Dessa forma, você ajuda outros pais a descobrir os agentes responsáveis por prejudicar a imunidade da criançada!

1 comentário

Deixe um comentário

um × 4 =