Por que fazer teste de intolerância alimentar pode emagrecer você



Recentes estudos sobre os diversos tipos de intolerâncias alimentares levaram a uma conclusão não esperada por especialistas. Esse problema que atinge mais de 60% da população do mundo e tem diversas especificidades, por meio de seu teste, pode auxiliar de alguma forma na perda de peso.

Quem vive brigando com a balança, já tentou inúmeras dietas ou ainda não conseguiu o resultado que queria, pode recorrer a esse método. Mesmo não convencional, estudos comprovaram que pode ajudar na perda de peso. Veja, a seguir, os motivos para se fazer teste de intolerância alimentar para emagrecer.

Intolerância alimentar versus emagrecimento saudável

Por que fazer teste de intolerância alimentar pode emagrecer você

O número de intolerâncias é incontável. Muitas pessoas passam mais que metade da vida sem saber que tem algum problema na alimentação e faz menos noção ainda de que, ao identificar esse transtorno, pode emagrecer de forma saudável e sem grandes esforços.

As dietas são inúmeras e não dispensam loucuras para chegar ao corpo ideal. No entanto, se você for fazer um teste de intolerância alimentar, pode criar uma lista de alimentos possíveis no seu cardápio e, a partir disso, selecionar quais são saudáveis e quais são menos calóricos para a sua dieta.

Como funciona esse teste?

Legalizado e autorizado pela Anvisa, esse teste é denominado como Euroline-food e estabelece diagnósticos de alimentos e aditivos alimentares que possam levar a problemas de saúde inespecíficos ou específicos. Ele reconhece diversos alimentos que são ingeridos no cotidiano e são rejeitados pelo corpo.

Entre os problemas que esse exame pode identificar são os de disfunções gastrointestinais, doenças inflamatórias da pele, enxaqueca, síndrome da fadiga crônica e o retardamento do emagrecimento. O último está sendo um dos maiores focos da população ao procurar esse teste.

Dificuldade no emagrecimento

Por que fazer teste de intolerância alimentar pode emagrecer você

 

Ao fazer um teste de intolerância alimentar, a pessoa pode descobrir os problemas que levam ao não emagrecimento. Mas é preciso ter em mente que são casos específicos e precisam de cuidados e de cortes totais no que prejudica a perda de peso.

Esse exame se torna inútil às pessoas que não apresentam nenhum tipo de transtorno alimentar ligado à intolerância. Ou seja, ao ser encaminhado a esse teste, não se pode criar expectativas de que isso é a solução para o emagrecimento. Na maior parte das vezes é o exagero em comidas que engordam e também a falta de exercícios diários.

Sintomas de intolerância alimentar

Ao fazer um teste de intolerância alimentar é necessário observar os sintomas que o corpo apresenta e se estão de acordo com esse problema. Existem as especificidades, porém, há sempre algo em comum, que leva às pessoas a procurarem um médico especialista na área.

Entre os sintomas estão a diarreia ou prisão de ventre, barriga inchada, gases, enjoo, vômito e dor abdominal. Além desses problemas localizados na mesma região, o paciente pode ter dor de cabeça, enxaqueca, acne, queimação na garganta, problemas gerais de pele, aftas, entre outros transtornos.

Método de emagrecimento

Antes de fazer um teste de intolerância alimentar, a pessoa precisa compreender que isso é uma deficiência do corpo e que não é um método milagroso para a perda de peso. Apesar de favorecer o emagrecimento após o tratamento adequado, não é algo que possa favorecer todas as pessoas. Não procure um médico especializado na área apenas na busca de um corpo ideal. Apenas nutricionistas e endocrinologistas são capazes de cuidar de casos de definição corporal. Um exame para ver se há intolerância alimentar não resolve os casos de aumento de massa de gordura por conta do excesso de comida ou falta de exercícios.

Gostou do nosso texto? Você sabia que ao fazer um teste de intolerância alimentar pode identificar um problema de emagrecimento? Deixe seu comentário abaixo sobre esse novo exame e essa descoberta.