O que são alimentos simbióticos: qual sua importância?



Neste artigo vamos abordar sobre o que são alimentos simbióticos, sua importância, como atuam e onde são encontrados. Você poderá entender sua finalidade e contribuição para o organismo para adotar padrões de uso dos mesmos.

O que são alimentos simbióticos?

O que são alimentos simbióticos: qual sua importância?

Para se entender o que são alimentos simbióticos, é necessário explicar que esses não são alimentos únicos, aqueles em que se encontram todas as características necessárias a obter benefícios apenas com a ingestão de um tipo específico. Os alimentos simbióticos são aqueles resultantes do consumo simultâneo de alimentos probióticos, ricos em bactérias boas, e os prebióticos, com composição básica de fibras.

Esta união permite potencializar os poderes dos alimentos para atuarem em determinadas funções do organismo, e neste caso, sua ação ocorre diretamente no equilíbrio da flora intestinal, melhorando o funcionamento do intestino. A atuação de alimentos prebióticos permite que as fibras atuem no processo digestivo, auxiliando as bactérias boas a terem uma reprodução adequada no intestino, atuando para regular este órgão.

Qual a importância dos alimentos simbióticos?

O que são alimentos simbióticos e o que representam para o organismo é o que faz toda a diferença para a melhoria da qualidade de vida. Servem para que as funções do organismo não sejam impactadas pelo mau funcionamento do intestino, evitando diarreias, infecções e complicações gástricas, encefalopatia hepática, e síndrome do intestino irritável, prisão de ventre.

Isso evita a ocorrência de infecções e demais problemas que se originam deste fato, além disso estes alimentos inibem as bactérias nocivas ao organismo e atuam ainda na redução do mau colesterol e a melhora a qualidade óssea, diminuindo o risco de osteoporose.

Estes alimentos atuam ainda em melhorias na parte urogenital feminina e fortalecem o sistema de imunidade do organismo, atuando diretamente no bem-estar e qualidade de vida da pessoa.

Como atuam?

Além de sabermos o que são alimentos simbióticos e sua importância, vamos ver como eles efetivamente atuam no organismo.

O intestino possui uma grande diversidade de micróbios denominados como microbiota intestinal, que permanecem instalados no órgão em harmonia com o corpo humano, sendo responsáveis por regular o intestino da pessoa.

Os alimentos simbióticos permitem atuar sobre a microbiota intestinal para auxiliar da melhor maneira, para que a pessoa possa ter boa saúde através do bom funcionamento intestinal, equilibrando de forma adequada a atividade microbiana do órgão.

Sua atuação permite evitar infecções e auxilia na absorção de nutrientes pelo intestino. Com aumento da quantidade de enzimas digestivas e vitaminas, podem prevenir inclusive o câncer de cólon. Sendo assim esses alimentos atuam diretamente para beneficiar a saúde do ser humano.

Onde são encontrados os alimentos simbióticos?

O que são alimentos simbióticos qual sua importância Spirulina-e-chlorella

Os alimentos simbióticos são originados do consumo de probióticos e prebióticos. Como exemplos alimentos probióticos, podemos citar o leite fermentado, iogurtes, certos tipos de queijos, etc. Já os prebióticos são a chicória, alcachofra, cereais, chocolates, etc.

Existem pesquisas científicas que desenvolveram uma mousse simbiótica de goiaba nutritiva. Tendo baixo teor de gordura, é composto de lactobacillus acidophilus La-5, e oligofrutose, inulina e concentrado proteico de soro de leite.  Devem ser ingeridos sob orientação médica para a definição da quantidade correta para darem o resultado esperado.

Consultar uma nutricionista é sempre adequado para que você possa ter a certeza de que as quantidades e os tipos de alimentos são os adequados ao que seu corpo precisa, trazendo benefícios ao seu organismo.

Considerações finais

Neste artigo você pôde conhecer o que são alimentos simbióticos, viu seus benefícios e como passar a identificar onde atuam e como pode utilizá-los em sua vida.

Nunca deixe de consultar um médico que poderá orientar de forma adequada quanto ao consumo de alimentos que possam lhe trazer benefícios efetivos.

Gostou do artigo? Deixe um comentário em nosso post.

 

Deixe um Comentário