Colágeno: o que é, para que serve, como age e suplementos



Você sabe o que é colágeno e o para que serve? Como será que ele age em nosso organismo e onde pode ser encontrado? Continue conosco, porque falaremos tudo sobre o colágeno e suplementos que contêm essa proteína.

O que é colágeno?

O colágeno é uma proteína de grande importância na formação da matriz extracelular do tecido conjuntivo, sendo responsável pela maioria de suas propriedades físicas. Ele é sintetizado intracelularmente em pequenas partes e é exportado para fora da célula, em que, por meio da atuação de enzimas polimerizantes, é definido com a estrutura própria do colágeno, em hélice tripla.

Cada uma das três hélices de proteínas é constituída quase inteiramente por glicina, lisina, prolina e por mais dois aminoácidos que são alterados após ser colocados na cadeia pelos ribossomos: a hidroxiprolina e a hidroxilisina.

O colágeno é uma proteína de rápida absorção e pode ser encontrada naturalmente em nosso organismo. Além disso, ele ainda auxilia na resistência e elasticidade da nossa pele e constitui as fibras que sustentam os tecidos do corpo, assim como os músculos, articulações, ossos e tendões.

Cada atividade desta proteína é determinada por vários tipos e todos fazem parte da formação de alguma parte de nosso corpo. Por exemplo, o tipo I faz parte da formação dos tecidos conjuntivos denso e frouxo e dos tendões. Já o tipo X, XI e XII participam da formação da cartilagem.

Para que serve e como age colágeno?

Para que ocorra os movimentos do nosso corpo, é preciso que os ligamentos e tendões estejam flexíveis e resistentes – e esta proteína auxilia nesse processo. Além disso, essa proteína evita que os ossos batam uns nos outros, o que pode causar dor e desgaste. 

O colágeno também é responsável por deixar a pele mais bonita, firme e com menos rugas. Por mais que o organismo produza naturalmente esta proteína, quanto mais os anos passam, essa quantidade diminui e, como resultado, a flacidez e as linhas de expressão tendem a aparecer.

Um dos fatores que aceleram o envelhecimento é o consumo excessivo de açúcar. Quando consumimos quantidades excessivas de carboidratos refinados, o açúcar se liga ao colágeno e acaba destruindo a sua estrutura original, contribuindo para o surgimento de sinais do envelhecimento.

Por isso, é muito importante repor esta proteína, não apenas por fatores estéticos, mas também por ser extremamente importante para o bom funcionamento das cartilagens e na locomoção. Além disso, essa proteína é ideal para as pessoas que possuem problemas assim como a osteoporose, artrite e artrose. Ainda, ela também ajuda a fortalecer as unhas e os cabelos.

O suplemento de colágeno e como tomar

O colágeno hidrolisado é proveniente da cartilagem do osso de aves e bovino. Ele possui 20 tipos de sais minerais, aminoácidos e vitaminas, destacando a vitamina C. O hidrolisado é encontrado em forma de pó, ou seja, livre de qualquer tipo de água. 

As indústrias conseguem deixar essa proteína no momento da fabricação em tamanho mínimo, ideal para que nosso corpo consiga absorvê-lo em pouco tempo. A partir daí, ocorre o mesmo que o processo natural: ele entra em contato com a água e logo faz parte da estrutura dos tecidos.

A partir dos 25 anos é possível consumir este suplemento, principalmente aqueles que se exercitam, aprender como se deve tomar essa proteína é fundamental para auxiliar na regeneração de todas as cartilagens do corpo humano. Sendo assim, pessoas que praticam atividades físicas, principalmente aquelas que requisitam articulações dos joelhos, precisam recorrer a suplementação para assim evitar doenças nesta região. O indicado é consumir em torno de 8 g por dia.

Também é importante saber qual o melhor horário para utilizar esse suplemento. De acordo com especialistas, o ideal é consumir essa proteína assim que terminar o jantar. A síntese do colágeno hidrolisado é um fator positivo neste horário. Porém não há rigidez, pois algumas pessoas preferem consumir essa proteína pela manhã, após o desjejum.

Além da suplementação, deve-se incluir fontes naturais dessa proteína na dieta. Para ser produzido, o colágeno depende de nutrientes das seguintes substâncias:

Glicina: presente em pele de animais (galinha e porco), sementes de soja, proteínas de soja e carne vermelha;

Ácido ascórbico: presente em frutas cítricas (kiwi, laranja, limão, acerola, goiaba, entre outras) e vegetais (couve, pimentões-amarelos e brócolis); 

Lisina: deve-se incluir frutos do mar, derivados da soja e alimentos procedentes do leite;

Prolina: o nosso organismo produz a prolina, porém depende da dieta. Procure incluir clara de ovo na dieta, cogumelos, aspargos e repolho.

Gostou do artigo falando tudo sobre o colágeno? Deixe o seu comentário e nos fale suas dúvidas!

Deixe um Comentário

vinte − onze =