9 riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica



Você sabia que bebidas alcoólicas quando consumidas em excesso podem trazer sérios problemas a saúde? Neste artigo falaremos sobre os maiores riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica.

9 riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica

Bebida alcoólica

O álcool é uma droga usada por uma grande parte da população e que, geralmente, não é visto como um problema pela sociedade. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), cerca de dois bilhões de pessoas fazem a utilização de bebidas alcoólicas, o que representa um grande risco à saúde da população.

Como evitar riscos do álcool?

A utilização moderada do álcool não causa consequências graves ao organismo, mas há indivíduos que acabam fazendo uso abusivo de bebidas alcoólicas. Conforme a OMS, homens podem consumir até 15 doses de álcool semanalmente sem que a substância lhe cause danos à saúde. Já as mulheres podem consumir até dez doses. É importante lembrar que, mesmo em pequenas doses, o álcool desencadeia alterações no organismo que podem pôr a vida de quem consome em risco, assim como um acidente.

Riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica

9 riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica

Abaixo, listamos os maiores riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica. Confira:

1.      Neurite óptica

Um dos maiores riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica abundantemente pode resultar em uma doença chamada neurite óptica. Tem, como consequência, a cegueira. Isso ocorre por que o consumo de álcool retira vitamina B1 e zinco de nosso organismo.

2.      Cardiomiopatia

A cardiomiopatia é um dos maiores riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica e é conhecida também como a inflamação do músculo do coração. Os sintomas da cardiomiopatia são:

  • dor no peito;
  • tosse;
  • palpitações;
  • fadiga
  • dificuldade para respirar.

A bebida alcoólica também está associada a arritmias e, em casos mais graves, pode até mesmo gerar uma parada cardíaca.

3.      Ronco

O consumo de bebidas alcoólicas também pode causar roncos durante a noite. Isso ocorre por conta do relaxamento que a ingestão de álcool promove nos músculos da faringe e é um entre riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica.

4.      Diminui o sistema imunológico

O álcool tem sido associado a diminuição do sistema imunológico, deixando o usuário mais propenso a adquirir doenças infecciosas e até mesmo câncer.  O uso exagerado de bebida alcoólica no dia a dia também agrava o risco de ocorrência de pneumonia e de tuberculose.

5.      Cirrose hepática

O fígado é o órgão responsável pela eliminação de 95% do álcool consumido. Indivíduos que consomem até 5 doses diárias, detêm risco de cirrose hepática aumentado em até 5 vezes mais do que aqueles que não consomem diariamente a substância.

As mulheres ainda possuem maior chance de adquirirem cirrose hepática comparado aos homens que consomem bebidas alcoólicas diariamente.

6.      Câncer de cólon ou do intestino grosso

Esse tipo de doença vem sido relacionado ao consumo de cerveja. Um estudo apontou que o consumo de  somente dois copos de bebida alcoólica, já limita ou pode até mesmo acabar com qualquer efeito favorável de uma dieta equilibrada.

7.      Lesões hemorrágicas na parede do intestino delgado

O consumo exagerado de bebida alcoólica pode causar lesões hemorrágicas na parede do intestino delgado. Esse fato, afetando as contrações do intestino e, em consequência, com diarreia. Os efeitos da bebida alcoólica no intestino delgado podem desaparecer entre duas a cinco semanas. Porém, o seu consumo excessivo pode resultar-se em anormalidades na maneira em que o organismo processa os nutrientes.

8.      Câncer na boca

Em torno de 50% de pessoas que ingerem bebidas alcoólicas frequentemente, podem adquirir câncer de boca, laringe e de faringe. Se a pessoa que consome bebida também fumar cigarro, o risco de câncer pode elevar-se drasticamente.

9.      Afeta a fertilidade

Sim a bebida alcoólica também pode prejudicar a fertilidade por consequência da divisão rápida das células reprodutivas e a elevação dos níveis de acidez nos tecidos, resultando na infertilidade do usuário.

Gostou do artigo sobre riscos para a saúde de quem consome bebida alcoólica? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso blog!

Deixe um Comentário