5 RISCOS DO SEDENTARISMO PARA A SUA SAÚDE



Manter uma vida equilibrada com exercícios e alimentação saudável não deve ser apenas para um corpo perfeito, mas para a preservar a saúde principalmente. Uma vida desequilibrada associada ao sedentarismo, implica em consequências sérias para a saúde, a curto, médio e longo prazo. Falaremos um pouco sobre os riscos que envolvem uma vida sedentária.

Sedentarismo

5 RISCOS DO SEDENTARISMO PARA A SUA SAÚDE

 

O sedentarismo é um estado em quem a pessoa não realiza atividade física, portanto o movimento do seu corpo é mínimo. Isso está se tornando cada vez mais frequente, faz parte da modernização e informatização da sociedade.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) mostra que o sedentarismo cresce significativamente. Hoje, 70% da população brasileira não pratica exercícios físicos regularmente. Como consequência disso, problemas cardíacos matam mais do que a hipertensão, a obesidade, o colesterol alto, o diabetes e o tabagismo. O sedentarismo, pode ser responsabilizado por 54% do risco de morte por infarto e derrame cerebral.

Estudos apontam que pessoas realizam menos de 30 minutos de atividade física semanal, já é considerado alguém sedentário.

Mas quais são os riscos do sedentarismo na vida de uma pessoa? Discutiremos alguns deles.

1.      Mais risco de desenvolver obesidade

Pessoas com baixo índice de gordura corporal também podem ser sedentárias. O sedentarismo não tem a ver com formato de corpo, mas sim por falta de comprometimento com atividades físicas e movimento corporal. No entanto, deixar de se exercitar pode implicar mais tarde numa possível obesidade. Não é uma regra, mas pode acontecer, principalmente em pessoas mais velhas. Nessas pessoas, o metabolismo desacelera e manter uma alimentação pobre em nutrientes, pode acabar acarretando no ganho de peso por não se movimentar. A obesidade em pessoas sedentárias pode implicar em outras doenças que serão discutidas mais adiante.

2.      Aumento do colesterol

Entre os riscos do sedentarismo, está o aumento do colesterol. O colesterol alto é aquele em que placas de gordura obstruem os vasos e impedem a circulação do sangue. O colesterol depende de alguns fatores de risco, entre eles o sedentarismo. O colesterol alto pode ocasionar doenças graves e fatais se não tratadas adequadamente.

Quando você se exercita, pelo menos 30 minutos por dia, você ajuda a aumentar os níveis de HDL, que é comumente conhecimento como bom colesterol. Exercícios aeróbicos podem melhorar a sensibilidade à insulina, os níveis de HDL e de triglicérides. O LDL – colesterol ruim não é tão influenciado por exercícios aeróbicos.

3.      Maior risco de ocorrer diabetes

O diabetes é uma doença que também decorre de fatores de risco. Contudo, um dos riscos do sedentarismo pode ser o diabetes. O diabetes é uma doença crônica, decorrente de quando o pâncreas não produz insulina suficiente ou quando o corpo não consegue utilizar de maneira efetiva a insulina que o organismo produz. Para prevenir, a reeducação alimentar é necessária, assim como a prática de exercícios físicos regulares.  Como já foi dito, exercícios diários reduzem a sensibilidade à insulina, prevenindo assim o diabetes.

4.      Risco de desenvolver pressão alta

A pressão alta está entre os riscos do sedentarismo. Quando se é sedentário, o coração deixa de ser “treinado”, o que pode acarretar nas doenças cardíacas decorrentes da pressão alta. A hipertensão arterial pode acarretar outras doenças como: insuficiência cardíaca, infarto do miocárdio, arritmias cardíacas, morte súbita, aneurismas, perda da visão (retinopatia hipertensiva), insuficiência renal crônica, derrame – AVC isquêmico e hemorrágico, demência por micro infartos cerebrais e arteriosclerose.

5.      Osteoporose

5 RISCOS DO SEDENTARISMO PARA A SUA SAÚDE .

A osteoporose decorre de vários fatores, mas pode ser um dos riscos do sedentarismo também. Levar uma vida sedentária, acelera a perda de massa óssea, o que aumenta o risco de osteoporose. O fortalecimento muscular estimula toda a estrutura óssea do corpo, o que favorece a manutenção da massa óssea.

Esses foram alguns dos riscos do sedentarismo na vida de uma pessoa. Existem outras doenças que decorrem da falta de atividade física e que podem ser fatais. Por isso não deixe de se exercitar regularmente, além de manter uma alimentação equilibrada.

E você? Pratica exercícios com frequência? Deixe seu comentário, aguardamos sua opinião!

 

Deixe um Comentário