3 benefícios e 6 riscos da dieta da proteína



Dietas sempre apresentam resultados diferentes e muitas vezes um mais rápido do que outro.

Vários programas de dietas têm uma imensa propaganda de reduções de peso consideráveis, porém muitas não são eficientes para garantir a perda de peso desejada.

Neste artigo vamos apresentar a dieta da proteína para permitir que você tenha as informações corretas sobre este programa de redução de peso e saiba quais são as suas vantagens e desvantagens.

3 benefícios e 6 riscos da dieta da proteína

Qual o princípio da dieta da proteína?

A dieta da proteína tem como princípio a ingestão de alimentos com altas fontes de proteínas e a eliminação de consumo de carboidratos.

O objetivo desta dieta é obter uma perda de peso acentuada em pouco tempo, desta forma entende-se que a proteína ingerida deve ser pobre em gordura e o consumo de carnes brancas e peixes, assim como de todos os alimentos magros, é o recomendado.

O corpo queima suas fontes de gordura, reduzindo assim o peso, porém alguns efeitos colaterais são percebidos quando se eliminam os carboidratos, como fraqueza e tonturas, que são superados nos primeiros dias da dieta.

Com a alteração do metabolismo pela maior demora da digestão destes tipos de alimentos, a sensação de saciedade se torna mais evidente e ocorre a redução de fome, passando-se a comer menos.

Quais os alimentos indicados para a dieta da proteína?

3 benefícios e 6 riscos da dieta da proteína

Os alimentos prescritos para a dieta da proteína são aqueles que permitem maior absorção deste tipo de nutriente, assim como algumas frutas, verduras e legumes, como exemplo:

  • Carne magra;
  • Peixe;
  • Ovo;
  • Presunto;
  • Queijos;
  • Leite desnatado;
  • Espinafre;
  • Alface;
  • Cenoura;
  • Rabanete;
  • Azeite;
  • Castanhas;
  • Abacate, etc..

E aqueles proibidos?

3 benefícios e 6 riscos da dieta da proteína

Na dieta da proteína é proibido o consumo de diversos alimentos que estejam relacionados aos carboidratos e outros tipos de alimentos não relacionados a carboidratos, tais como:

  • Pães;
  • Massas;
  • Arroz;
  • Batata;
  • Farinha;
  • Feijão;
  • Açúcar;
  • Biscoitos;
  • Refrigerantes;
  • Sucos;
  • Água de coco, etc..

Vantagens da dieta da proteína

A dieta da proteína apresenta vantagens que descrevemos a seguir:

  • Como são alimentos de digestão mais lenta contribuem para a maior sensação de saciedade para a pessoa, que comerá menos;
  • As quantidades de alimentos a serem ingeridos não possuem limitações, provocando maior prazer ao comer;
  • Apresenta redução acentuada de peso, gordura e massa muscular, em pouco tempo.

As vantagens são bem percebidas por quem prioriza esta dieta, pois interfere justamente em hábitos de prazer da pessoa que a realiza.

Desvantagens da dieta da proteína

A dieta da proteína apresenta várias desvantagens também, sendo observados os seguintes aspectos:

  • Aumento das taxas de colesterol ruim, LDL, proveniente de maior ingestão de alimentos proteicos. Isso contribui para maior risco de problemas cardiovasculares;
  • Pode acarretar complicações renais, quando realizada por longo tempo;
  • Prisão de ventre, fraquezas, desmaios, etc., podem ser observados por quem adota este tipo de dieta que não prioriza o consumo de fibras;
  • Com a eliminação de ingestão de carboidratos ocorre a redução de geração de energia e o comprometimento de massa muscular;
  • Risco de recuperação do peso perdido, com maior rapidez;
  • Aumento de ácido úrico, com surgimento de complicações como a gota.

Considerações finais

Qualquer que seja a dieta, ela deve ser precedida de uma consulta ao médico, para a realização dos exames e identificação de eventuais necessidades de fortalecimento na nutrição.

O acompanhamento com um nutricionista sempre é o melhor caminho para que a dieta seja um sucesso e isso também se aplica a dieta da proteína.

Por fim, a indicação comum é que essa dieta deve ser adotada por até um mês, visando não trazer riscos à saúde.

Se você gostou do nosso texto com informações sobre dieta da proteína, deixe seu comentário sobre este artigo em nosso post.